Quarta-Feira 18 DE outubro DE 2017
(47)3275-0137
HOME > LIVRARIA > TODA LUZ QUE NAO PODEMOS VER
CLASSIFIQUE

R$ 49.90
COMPRAR
TODA LUZ QUE NAO PODEMOS VER
DISPONIBILIDADE
DISPONÍVEL
SIMULAR PREVISÃO DE FRETE/ENTREGA
COMPRE NO SITE RETIRE NA LOJA
SAIBA COMO
SOBRE
Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial; descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.
INFORMAÇÕES
I.S.B.N.: 8580576979
Ano de publicação: 2015
Número de páginas: 528
Referência: 9788580576979
Marca: INTRINSECA
Setor: LITERATURA ESTRANGEIRA
Autor: DOERR, ANTHONY
PRODUTOS SEMELHANTES
ABRACE MEU DEST
MALLERY, SUSAN...
Disponível
R$ 29.90
THE 100 VOL 3 D
MORGAN, KASS...
Disponível
R$ 44.90
O CASO DA CRIAD
CHRISTIE, AGATHA...
Disponível
R$ 11.90
PEDRO PARAMO
RULFO, JUAN...
Disponível
R$ 24.90
O CHAMADO DO CU
GALBRAITH, ROBERT...
Disponível
R$ 39.50
DIARIOS DE STEF
WILLIAMSON, KEVIN...
Disponível
R$ 34.90
CAFETERIA
Acompanhe as delícias do cyber café da grafipel!
Conheça e venha nos visitar.
VEJA NOSSO CARDÁPIO
DUVIDAS???
ENTRE EM CONTAO CONOSCO! É FÁCIL E RÁPIDO!!!
CLIQUE AQUI
NA GRAFIPEL VOCÊ ENCONTRA!
SOBRE A GRAFIPEL
Você sabia que muita gente conhece a Grafipel como Gráfica Avenida? Você já ouviu alguém falar “vai lá na gráfica e me traz uma caneta”? Pois é, por muitos anos foi assim...a história da Grafipel é antiga, tem quase 100 anos! Em 1919, Arthur Müller, que mais tarde seria o prefeito de Jaraguá, fundou a primeira tipografia da cidade, a Tipografia Avenida, operando no ramo de impressão e papelaria. Chamava-se Avenida porque ficava na Avenida Getúlio Vargas, em frente à estação ferroviária.
CONHEÇA NOSSO INSTITUCIONAL
2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
WWW.GRAFIPEL.COM.BR